Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

Copa do Brasil

São Paulo bate Goiás e vai às quartas

27 ABR 2011Por r723h:00

O São Paulo não passou susto e despachou o Goiás vencendo a partida de volta da das oitavas de final da Copa do Brasil por 1 a 0, nesta quarta-feira (27), no Morumbi. O gol do Tricolor foi marcado por Dagoberto, após um roubo de bola de Carlinhos Paraíba, aos 19min do primeiro tempo.

Na próxima fase, os paulistas enfrentam o Avaí, que eliminou o Botafogo com dois empates, 2 a 2 no Engenhão e 1 a 1 na Ressacada.

A ordem e horário das partidas das quartas de final ainda serão definidas pela CBF após sorteio.

O São Paulo não encontrou tantos problemas com o gramado do Morumbi e teve tranquilidade para tocar a bola desde o início, buscando espaço na defesa do Goiás. Até pela necessidade de obter um resultado positivo, o time esmeraldino descartou jogar na retranca e buscou jogadas na frente, mas com menos criatividade.

O problema para o time visitante foi perder seu líder, o goleiro Harlei, que sentiu uma lesão muscular na coxa antes dos dez minutos e precisou ser substituído por Pedro Henrique. A primeira boa chance do Tricolor saiu aos 13min, quando Casemiro se livrou da marcação pela intermediária e chutou forte, rasteiro, para defesa do goleiro, que ainda precisou da ajuda da zaga para tirar o rebote.

Com Alex Silva confirmado na equipe depois de se recuperar de dores no joelho direito, o time da casa se postou bem na defesa e foi ao ataque para abrir o placar aos 19min. Sob chuva fraca no Morumbi, Zé Antônio escorregou perto do meio-campo e não conseguiu impedir Carlinhos Paraíba de avançar em velocidade, até tocar na direita para Dagoberto, que dominou livre para chutar cruzado, sem dar chance ao goleiro.

Os jogadores do Tricolor seguiram buscando Dagoberto na frente, mas a zaga acordou para bloquear as jogadas na direção da principal referência ofensiva são-paulina. Na única chance dos visitantes na etapa, Rogério Ceni saiu do gol e não conseguiu cortar cobrança de falta de Marcelo Costa. Porém, a bola passou por entre as pernas de Ernando, que, livre, desperdiçou a boa oportunidade.

O técnico Artur Neto ainda substituiu Zé Antônio (por Leandro) no primeiro tempo, até por conta do cartão amarelo recebido pelo volante. Nos minutos finais, Rogério Ceni teve chance em cobrança de falta e mandou por cima do gol.

No intervalo, Paulo César Carpegiani tirou Rhodolfo, lesionado, para a entrada de Xandão. Logo no primeiro minuto da etapa complementar, Oziel recebeu livre na área e chutou por cima do gol, desperdiçando ótima chance.

Com menos ímpeto em campo, o São Paulo permitiu o crescimento do adversário, que arriscou em duas batidas de longe de Carlos Alberto. Mas Rogério só precisou defender a segunda, já que a primeira parou no meio do caminho.

Ao ver a falta de inspiração do Tricolor em campo, a torcida são-paulina presente nas arquibancadas começou a pedir a entrada de Rivaldo. Do outro lado, os jogadores do time goiano pediram pênalti em toque de mão de Juan na área, mas o árbitro mandou seguir.
A dez minutos do fim do jogo, Carpegiani resolveu atender ao pedido da torcida e colocou Rivaldo em campo, na vaga de Marlos. O camisa 10 ainda teve tempo para deixar Jean na cara do gol, mas o goleiro defendeu a batida.

Leia Também