Terça, 12 de Dezembro de 2017

COLHEITA BENDITA

São Gabriel é o líder em produtividade da soja no Estado

23 FEV 2014Por DA REDAÇÃO00h:01

Enquanto os produtores da maioria das regiões do Estado reduzem suas estimativas de colheita nesta safra por conta de perda na qualidade do grão, os agricultores de São Gabriel do Oeste comemoram uma supersafra, que até agora se mantém como a maior média estadual de produtividade por área: entre 58 e 60 sacas. O volume é cerca de 33% maior que a produtividade média registrada em Mato Grosso do Sul até agora, de 45 sacas, de acordo com matéria publicada na edição de hoje (23) do jornal Correio do Estado.

“Olha a qualidade dessa soja. Estamos muito animados com essa safra. Minha meta era colher média de 60 sacas, mas passou disso: deve fechar em 63 ou 64. Está excelente”, comemora o produtor Claudio Balzan, enquanto admira os pés do grão crescidos. O otimismo é de quem chegou a contabilizar 71 sacas por terreno e já contabiliza praticamente o fechamente da colheita: da sua área de 2.150 hectares só resta colher cerca de 200 hectares. De acordo com o Sindicato Rural do município, a estimativa é de que a média de produtividade feche acima de 58 sacas (por conta das chuvas recentes), mas as primeiras remessas de colheita chegaram a ter média de 60 sacas por hectare. Há relatos de produtor que conseguiu colher 78 sacas por talhão. 

A média de São Gabriel não só chega a ser 33% maior que a estadual (de 45 sacas), mas também é recorde, ultrapassando a de municípios que historicamente são responsáveis pelos maiores volumes de produtividade - Chapadão do Sul e Costa Rica, com 56 e 55 sacas, respectivamente, de acordo com a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul). “Está sendo um resultado atípico para São Gabriel, que até agora tem a maior produtividade do Estado”, pontua o analista da entidade, Leonardo Carlotto. A reportagem é de Paula Vitorino.
 

Leia Também