Terça, 20 de Fevereiro de 2018

SURPREENDIDO

Santos vacila e só empata com o São Caetano

27 JAN 2011Por ESTADÃO00h:01

O Santos foi surpreendido nesta quarta-feira e sofreu o seu primeiro tropeço no Campeonato Paulista. Em partida disputada na Arena Barueri e válida pela quarta rodada da competição, a equipe apenas empatou com o São Caetano por 3 a 3. Assim, chegou aos dez pontos e agora tem a sua liderança ameaçada pelo Americana, que enfrenta o São Paulo nesta quarta-feira, e por Paulista e Palmeiras, que duelam na quinta-feira.

Já o São Caetano somou o seu primeiro ponto no Paulistão e permanece na zona de rebaixamento. Além disso, o time marcou os seus primeiros gols na competição após passar em branco nas três primeiras rodadas do torneio. Para isso, a equipe se aproveitou das várias falhas da defesa santista, principalmente em jogadas aéreas, para arrancar o empate.

O Santos voltou a mostrar o seu poderio ofensivo, com um estilo ousado e veloz, marcou três gols e já soma 14 em quatro rodadas do estadual. Mas seus atacantes também falharam na Arena Barueri. A equipe dominou a partida desta quarta-feira, mas desperdiçou várias chances de definir a partida ao não concluir com êxito algumas oportunidades de gol.

Com o domínio do jogo desde o começo, o Santos criou as primeiras oportunidades em jogadas de bola parada, como aos três minutos, com cobrança de falta perigosa de Elano, que passou por cima do travessão. E o primeiro gol saiu aos sete minutos, após Jonathan ser derrubado na área por Bruno. Elano cobrou no canto direito do gol do São Caetano e colocou a equipe em vantagem.

Em desvantagem, o São Caetano tentou reagir e até chegou a assustar o Santos em um chute cruzado de Artur. Porém, com mais qualidade, o Santos manteve o controle e desperdiçou várias oportunidades. Aos 20 minutos, Maikon Leite penetrou na área, mas foi parado pelo goleiro Luiz, que tirou a bola dos seus pés. Aos 24, o goleiro fez boa defesa em finalização de fora da área de Pará.

Apesar do domínio, o Santos diminuiu o ritmo após os 30 minutos e foi punido. Aos 37, após cobrança de escanteio, Artur, livre de marcação, cabeceou forte e empatou o jogo, marcando o primeiro gol do São Caetano neste Campeonato Paulista. E a reação santista foi imediata. Aos 39 minutos, Maikon Leite finalizou colocado da entrada da área e Luiz fez boa defesa, espalmando para escanteio.

Mas a defesa santista voltou a cometer erros em jogadas aéreas. Aos 42 minutos, após nova cobrança de escanteio, Vandinho cabeceou por cima do gol defendido por Artur. O gol da virada do São Caetano saiu aos 45 minutos. Após cruzamento, Luciano Mandi ajeitou de cabeça para Vandinho, que estava na pequena área e apenas empurrou a bola para as redes.

Ofensivo, o Santos conseguiu a virada logo no começo do segundo tempo. Aos três minutos, Keirrison deu um drible curto em Marcelo Batatais e finalizou de bico da entrada da área e a bola entrou no canto esquerdo: 2 a 2. Aos sete minutos, Elano marcou o seu segundo gol na partida e o quarto do seu retorno ao Santos. Ele roubou a bola de Artur dentro da área e, mesmo sem ângulo, chutou forte, colocando a equipe da Vila Belmiro em vantagem.

O Santos quase ampliou a sua vantagem aos 12 minutos, com Keirrison, que acertou o travessão em finalização de dentro da área. Apesar de estar dominado, o São Caetano chegou a ameaçar, como aos 17 minutos, quando, após troca de passes, Fernandes chutou forte de fora da área e Rafael evitou o gol ao fazer boa defesa.

Aos 29 minutos, o Santos perdeu chance de definir a partida. Maikon Leite chutou forte e Luiz espalmou para o meio da área. O rebote ficou com Moisés, que finalizou mal, por cima da meta adversária. E o São Caetano empatou o jogo aos 33 minutos, com Vandinho, que completou lançamento recebido dentro da área e marcou o seu segundo gol na partida.

Em busca da vitória, o Santos pressionou o São Caetano no final do jogo e desperdiçou chances claras com Keirrison, aos 39, e Moisés, aos 43 minutos. Os dois jogadores pararam nas defesas do goleiro Luiz, que garantiu o empate por 3 a 3 na Arena Barueri.

O Santos volta a jogar no próximo domingo, quando defenderá a sua invencibilidade contra o São Paulo, às 17 horas, novamente na Arena Barueri, no primeiro clássico do Campeonato Paulista. Já o São Caetano entrará em campo no sábado, às 19h30, em Campinas, no Estádio Moisés Lucarelli, e buscará a sua primeira vitória no estadual.

Ficha técnica:

Santos 3 x 3 São Caetano

Santos - Rafael; Jonathan (Rodrigo Possebon), Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Pará, Elano (Rodriguinho) e Robson (Moisés); Maikon Leite e Keirrison. Técnico: Adilson Batista.

São Caetano - Luiz; Artur, Marcelo Batatais, Anderson Marques e Bruno (Eduardo); Augusto Recife, Ricardo Conceição, Souza (Kleber) e Ailton; Luciano Mandi (Fernandes) e Vandinho. Técnico - Márcio Griggio.

Gols - Elano, aos 7, Artur, aos 37, e Vandinho, aos 45 minutos do primeiro tempo; Keirrison, aos 3, Elano, aos 7, e Vandinho, aos 33 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Guilherme Ceretta de Lima (SP)

Cartão amarelo - Artur e Augusto Recife (São Caetano); Rodrigo Possebon (Santos)

Público e renda - Não disponíveis.

Local - Arena Barueri, em Barueri (SP)

Leia Também