Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

Santos recebe o Goiás e pode ter Neymar no banco de reservas

17 MAI 2009Por 12h:47
     

        

 

Neymar joga ou fica no banco? A principal dúvida do técnico Vágner Mancini para enfrentar Goiás, neste domingo, às 15h (de MS), na Vila Belmiro, é com relação à maior promessa do Santos depois de Robinho. Ele sabe que se o adversário se fechar, sair na frente no marcador e o garoto voltar a jogar mal como nas últimas três partidas poderá ser vaiado. E, por isso, talvez opte por deixá-lo no banco para voltar em situação favorável. Seria uma forma de preservá-lo.

 

Mas, ao mesmo tempo, Mancini acredita com o time jogando em casa, contra um adversário intermediário e com apoio do torcida, Neymar poderá superar a má fase. "Nada está decidido ainda", disse o treinador. "Neymar está lidando com uma situação diferente, com a pressão da torcida e com a mídia falando dele. Sabíamos que ele iria passar por uma situação dessas. Depois do grande sucesso inicial é normal o período de oscilação. O seu amadurecimento será mais espaçadamente", explicou. "Por isso, não vou adiantar nada. Mas Neymar pode sair, sim. Embora eu não tenha tantas opções".

 

Com informações do Estadão

Leia Também