Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

setor ofensivo

Santos negocia com Jael da Portuguesa

25 ABR 11 - 13h:45Gazeta Esportiva

Com a lesão do atacante Diogo, o Santos teve que intensificar a sua busca pela contratação de um novo jogador para o setor ofensivo, visando à sequência da Copa Libertadores da América. E o jogador que está mais perto de acertar a sua ida para a Vila Belmiro é o atacante Jael, da Portuguesa.

O centroavante, destaque da Lusa no Campeonato Paulista deste ano, está emprestado até o final do ano pelo Mogi Mirim. No entanto, a Energy Sports, empresa que gerencia a sua carreira, está disposta a pagar a multa rescisória e bancar a transferência de Jael para o Peixe.

O presidente santista, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, confirmou interesse no atacante, porém, destacou que Jael ainda não pode ser anunciado como o novo reforço da equipe. "A negociação está bem encaminhada, mas ainda não podemos anunciá-lo", disse o mandatário, em entrevista à Gazeta Esportiva.Net.

Além de Jael, Luis Álvaro comentou que o Alvinegro Praiano está interessado em outros nomes, só que as negociações não têm evoluído. "Temos interesse em outros atletas, mas está muito difícil acertar qualquer negociação para incluir algum atleta a tempo na lista para a Libertadores", concluiu.

Caso acerte a sua transferência ainda nesta segunda, prazo máximo da Conmebol para a inscrição de novos jogadores na Libertadores, Jael estará na lista dos 25 atletas do Santos para a Libertadores, provavelmente na vaga de Diogo. Róbson, que já tem pré-contrato assinado para deixar o clube no final de maio para o Avaí, é outro que deve ser substituído na lista do Peixe. O jovem Felipe Anderson deve herdar a sua vaga.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Maia pede ao STF liberação de R$ 1 bi de fundo da Petrobras para queimadas

BRASIL

Governo federal autoriza operação das Forças Armadas em Roraima

BRASIL

Bolsonaro fará pronunciamento oficial sobre incêndios na Amazônia

BRASIL

Raquel contraria PF e pede arquivamento de inquérito contra Collor

Mais Lidas