Terça, 12 de Dezembro de 2017

IMBRÓGLIO

Santos aciona Justiça para obter contrato entre pai do craque e Barcelona

11 FEV 2014Por FOLHA PRESS23h:00

 O Santos acionou a Justiça para conseguir uma cópia dos documentos firmados entre Neymar da Silva, pai de Neymar, e o Barcelona em novembro de 2011, no qual o clube catalão pagou Ç10 milhões de euros (R$ 32,8 milhões) ao pai do jogador como adiantamento por uma futura transferência do craque, então no clube paulista.

Com a negociação selada em maio de 2013, o clube catalão pagou mais Ç30 milhões de euros (R$ 98,5 milhões) à empresa que representa o jogador e tem seu pai como um dos sócios.

O Santos e a DIS (fundo de investimento que era sua parceira nos direitos econômicos do jogador) acusam Neymar pai de ter escondido a existência de acordo preliminar para que o atacante fosse para a Catalunha.

Por meio de nota oficial, o clube informa que entrou com liminar no Fórum de Santos, ontem, contra as empresas N &N Consultoria Esportiva e/ou Neymar Sports Marketing. Não há prazo para uma resposta.

Se a liminar for apreciada pelo juiz, o pai de Neymar terá até 48 horas para apresentar os documentos. Mas há outras duas possibilidades.

O juiz pode negar a liminar do Santos, como também pode primeiro convocar Neymar da Silva para apurar os fatos e depois decidir se a liminar será apreciada.

Antes de acionar a Justiça, o Santos tentou obter os documentos de forma amigável. Além de solicitar diretamente ao pai de Neymar, também fez um pedido extrajudicial ao Barcelona. As duas tentativas não tiveram resultado.

A empresa do pai de Neymar é investigada pelo Ministério Público Federal, que pretende descobrir se houve crime tributário na negociação com o Barcelona.
 

Leia Também