terça, 17 de julho de 2018

ARTE/EDUCAÇÃO

Santander premia dois talentos de MS

28 NOV 2010Por CRISTINA MEDEIROS01h:05

Na última semana, dois talentos de Mato Grosso do Sul tiveram seus trabalhos selecionados e premiados por projetos do Banco Santander. O primeiro foi na categoria Fotografia, do Prêmio Talentos da Maturidade, que desde 1999 premia trabalhos de pessoas acima de 60 anos em várias categorias. O vencedor é o aposentado Eumar Pereira Pontes, de 62 anos, há dois anos morador de Ladário, que se classificou com a foto “Boiada na pista”. Ele ganhou R$ 7 mil. O segundo prêmio foi dado à psicóloga Marina Cardoso de Oliveira, de Paranaíba, pelo projeto “Avanço da reciclagem em Paranaíba”, um dos oito trabalhos vencedores do Prêmio Santander Universidade Solidária, que receberá R$ 50 mil.

Foto
Em 2009, o artista plástico Eumar Pereira Pontes se inscreveu na categoria Pintura, mas não foi classificado. Neste ano, além desta,  inscreveu-se na de fotografia. “É a primeira vez que concorro nesta categoria e ganhei. E esta foto eu fiz numa ida de carro de Ladário ao Rio de Janeiro, quando a estrada ficou bloqueada para a passagem da boiada. Como tive tempo, resolvi registrar o momento”, explica. Eumar ficou surpreso com a premiação. “Trata-se de um concurso a nível nacional, vibrei muito com a família. A premiação aumentou minha autoestima e me incentiva a continuar trabalhando naquilo que sei fazer, comunicação visual”.

Universidade solidária
Desde maio de 2009, o projeto “Cooperativa Recicla Paranaíba” vem sendo executado no município junto a um grupo de catadores de material reciclável e desempregados da cidade. A iniciativa é dos professores Geraldino Araújo, do curso de Administração, e Marina Oliveira, de Psicologia, além de alunos, todos da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no campus do município.

“Este projeto é feito pelos alunos que vão a campo, conhecem a realidade da comunidade e por nós, mestres, que os orientamos. Nós conseguimos legalizar a cooperativa de reciclagem em novembro e a partir de junho de 2010 começamos a fazer a coleta de material na cidade e a cooperativa faz todo o processamento para ele ser vendido e gerar renda”. Na ocasião da premiação, que aconteceu durante cerimônia em São Paulo, a professora Marina de Oliveira foi acompanhada da reitora Célia Maria da Silva Oliveira.

Nesta noite de premiação, o Santander Universidades entregou o total de 20 prêmios destinados a estimular a atitude empreendedora e a pesquisa científica no meio acadêmico, o desenvolvimento sustentável e a gestão de excelência das universidades. Esta sexta edição contou com 5.271 projetos inscritos. Ao todo, os vencedores receberam R$ 1 milhão em prêmios e bolsas para curso de empreendedorismo da Babson College (EUA).

Segundo Jamil Hannouche, executivo responsável pelo Santander Universidades, o apoio ao ensino superior é um dos principais focos de sustentabilidade do grupo. “Elegemos a universidade como o maior centro de impacto e assumimos um compromisso de longo prazo com ela; queremos ser reconhecidos com o que fazemos em prol da universidade brasileira”.


 

Leia Também