Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Integração

Santa Rita do Pardo passa à comarca de Bataguassu

13 ABR 11 - 16h:17DA REDAÇÃO

Aprovada hoje na Assembléia Legislativa a proposta para mudança da comarca do município de Santa Rita do Pardo para Bataguassu.

O projeto recebeu parecer favorável na Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa, durante reunião ocorrida na terça-feira (12/4), no Plenarinho da Casa. O projeto é de número 030/11 do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul para vincular o município de Santa Rita do Pardo à competência territorial da comarca de Bataguassu .

A indicação para a mudança foi feita pelo deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB), em sessão realizada no mês de fevereiro. Atualmente, Santa Rita do Pardo é ligada à comarca de Brasilândia, que fica a 130 km de distância. Já Bataguassu fica a apenas 60 km do município.

Para o prefeito de Bataguassu, João Carlos Lemos, seu município “tem a vocação de pólo regional e há um esforço concentrado para atrair mais desenvolvimento regional". Já para a prefeita Eledir Barcelos, de Santa Rita do Pardo, a mudança irá facilitar alguns trâmites legais para o cidadão.

História

Com 7.500 habitantes, Santa Rita do Pardo fica na região próxima ao município de Bataguassu. O nome do município já mudou duas vezes. A cidade já se chamou Santa Rita do Rio Pardo e depois, Xavantina, quando ainda era distrito de Brasilândia. Com 22 anos de emancipação, o município pertence à microrregião de Três Lagoas e fica a 266 km da Capital, Campo Grande.

Após a emancipação, recebeu o nome atual. Um dos fundadores de Santa Rita do Pardo é o major Manoel Cecílio da Costa Lima.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Detran pede rescisão de contrato com empresa responsável por radares
DÍVIDA MILIONÁRIA

Detran vai rescindir contrato com empresa de radares

FUTEBOL 2019

Cristiano Ronaldo critica valores de transferências no futebol: 'São surreais'

Prefeitura abre processo seletivo com oito vagas e salário de R$ 3,2 mil
CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA

Prefeitura abre processo seletivo com salário de R$ 3,2 mil

BRASIL

Bolsonaro levanta suspeita sobre ONGs por queimadas na Amazônia

Mais Lidas