Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Santa Casa de Mogi confirma morte de bebês por infecção hospitalar

3 DEZ 2009Por 08h:50
     

        O provedor da Santa Casa de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, confirmou que seis dos oito bebês mortos no hospital no mês passado foram vítimas de infecção hospitalar. O local, que é referência na região para partos feitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e também para gestantes de alto risco, teve o berçário lacrado pela Vigilância Sanitária do estado no dia 20 de novembro. No berçário foi encontrada a bactéria klebsiella, responsável por um outro surto que provocou a morte de 15 bebês em 2002. A desinterdição só deve ser feita depois que o berçário for descontaminado e isso ainda não tem prazo para acontecer, pois crianças prematuras ainda ocupam os leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Fazer a transferência, nesse momento colocaria em risco a vida desses recém-nascidos.

        Com informações do site G1

Leia Também