quarta, 18 de julho de 2018

Sangue da mãe de Eliza vai ser usado para ajudar investigações

6 JUL 2010Por 15h:00
     

                                        

 

  A dona de casa Sônia de Fátima Moura (foto), 44, mãe de Eliza Samudio, 25, vai dar uma amostra de seu sangue para ajudar na busca de provas na investigação do desaparecimento da jovem, ex-namorada do goleiro Bruno, do Flamengo. O jogador é o principal suspeito do caso.

           Sônia, que mora em Campo Grande (MS), chega na manhã de quarta-feira (7) a Belo Horizonte para ter seu sangue coletado no Instituto de Criminalística. Ela também deve prestar depoimento. Segundo a advogada Maria Lúcia Borges, que representa Sônia, o pedido de coleta foi feito pela polícia.

         

                                                       (Folha de SP)

         

                 

                 

Leia Também