sábado, 21 de julho de 2018

EXPORTAÇÕES

Saldo da balança supera meio bi de dólares

14 FEV 2011Por AGÊNCIA BRASIL17h:00

Na segunda semana de fevereiro, as exportações brasileiras somaram US$ 4,226 bilhões contra US$ 3,678 bilhões em importações, resultando em superávit de US$ 548 milhões. No acumulado do mês, com nove dias úteis, exportações de US$ 7,75 bilhões e importações de US$ 6,77 bilhões, o saldo é de US$ 980 milhões. Em 2011, a balança comercial já acumula saldo de US$ 1,4 bilhão.

O resultado positivo de mais de meio bilhão de dólares na segunda semana de fevereiro é proveniente do aumento das vendas ao exterior nas três categorias de produtos: básicos (+ 35,5%), semimanufaturados (+ 32,8%) e manufaturados (+ 18,6%). Entre os produtos básicos, os destaques foram milho em grão, trigo e carnes bovina, suína e de frango. Nos produtos semimanufaturados, ferro, alumínio e couros alavancaram o segmento. Já nos produtos industrializados, ferro fundido, máquinas e aparelhos para terraplanagem, aviões e óleos combustíveis puxaram as vendas externas.

A média das exportações da segunda semana foi de US$ 845,2 milhões, ligeiramente inferior à média diária da primeira semana, de US$ 882,8 milhões, e decorrente, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), “da retração [-25,2%] nas exportações de produtos básicos”, como minério de ferro, petróleo, café em grão, carne de frango e milho em grão. Em compensação, cresceram os embarques de semimanufaturados (+27%), com destaque para ferro/aço e alumínio, e manufaturados (13,1%), como óleos combustíveis, aviões, açúcar refinado, hidrocarbonetos e veículos de carga.

No mês, a média diária de exportações soma US$ 861,9 milhões. Na comparação com a média diária de fevereiro do ano passado (US$ 677,6 milhões), o crescimento é de 27,2%, decorrente do aumento nas vendas das três categorias de produtos: básicos (+35,5%), semimanufaturados (+32,8%) e manufaturados (+18,6%). Na comparação com janeiro deste ano, o crescimento foi de 19%.
Quanto às importações, a média diária até a segunda semana de fevereiro é de US$ 753 milhões, 14,8% superior à média de fevereiro do ano passado (US$ 656,0 milhões) e 6,9% acima da média diária de janeiro deste ano (US$ 704,3 milhões).

Leia Também