sexta, 20 de julho de 2018

Salas exclusivas para soneca atraem cariocas insones e baladeiros

13 SET 2010Por 02h:30
     

                                Tirar um cochilo no meio do dia tem literalmente seu preço. Para atrair os insones e aqueles que não conseguem evitar os bocejos após o almoço, foi criado, no Centro do Rio, um spa com salas exclusivas para as sonecas.

                                Com sessões de 20 a 40 minutos e desembolsando entre R$ 18 e R$ 28 é possível esquecer do stress dos centros urbanos e se deslocar para um ambiente de luzes ?tranqüilizantes?, poltrona reclinável, cobertor e até som personalizado, que pode variar conforme o gosto do freguês. Entre as opções há barulhinho de cachoeira, pássaros, new age e música clássica.

                                O designer, Alexsander Francisco, de 38 anos é adepto do cochilo pós-almoço. Ele revela que dormir por alguns minutinhos estimula a sua criatividade.

                                ?Há cerca de um ano, eu faço semanalmente uma pausa no meio do trabalho, para dormir. Como trabalho com idéias e projetos, eu preciso de inspiração e às vezes na correria, você não consegue pensar, só se estressar mesmo?, disse.

                                 

                                Pacote mensal do sono
                                A professora de música Hélida Lisboa, de 30 anos, fez um pacote mensal para garantir o sono das tardes.

                                ?O investimento valeu a pena. Como trabalho com crianças, preciso sempre estar em atenção, alerta mesmo. Como não tenho tempo de ir pra casa depois do almoço, tenho que pagar para ter um espaço para dar uma parada no meu tumultuado dia a dia?.

                                Luz do amanhecer ao invés de despertador
                                Mas, nem todo mundo consegue dormir apenas 40 minutos. Uma das idealizadoras das salas para a sesta, a advogada Mahine Dorea, conta que cerca de 10% dos clientes que freqüentam o spa ultrapassam o tempo. Nesses casos, o dorminhoco não é acordado com um despertador. Luzes claras assim como o amanhecer surgem do teto para lembrar que já é hora de se levantar.

                                ?Tem muita gente que vem aqui porque não dormiu bem à noite, ou seja, porque está estressado, ansioso ou até mesmo porque foi para a balada?, comenta.

                                Homens dormem mais que mulheres
                                Mahine lista ainda que os homens são os principais freqüentadores do local.

                                ?Vem mais homens do que mulheres, principalmente nas sextas-feiras. Tenho impressão que sexta é o dia do acúmulo do cansaço e por isso eles queiram dormir para ficar revigorados para o final de semana?, conclui.

                                As salas para sonecas já são moda em Londres e em Nova York. Aliás, foram as metrópoles que serviram de inspiração para a criação do espaço no Rio. Os cochilos viraram até objeto de estudo para pesquisadores de universidades americanas, que chegaram a conclusão que os cochilos contribuem para uma aparência mais jovem, melhoram o humor e aceleram as capacidades motoras.
                                 

 

Leia Também