Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PLÁSTICO

Sacolas voltam a ser usadas por 90%

Sacolas voltam a ser usadas por 90%
20/01/2014 09:15 - band



De acordo com um levantamento do Instituto Sócio-Ambiental dos Plásticos, 90% dos consumidores voltaram a usar as sacolinhas comuns após o fim da polêmica sobre a proibição. Em 2012, as sacolas de plástico deixaram de ser distribuídas gratuitamente por duas vezes pelos supermercados.

A discussão sobre a utilização das sacolinhas de plástico começou em janeiro de 2012, quando os supermercados de São Paulo deixaram de distribuir gratuitamente. Como opção, os estabelecimentos passaram a fornecer caixas de papelão e a vender sacolas biodegradáveis ou de plástico mais resistente por R$ 0,20.

Cinco meses depois, o Ministério Público derrubou o fim de sacolinhas plásticas e os estabelecimentos tiveram de voltar a distribuí-las em cumprimento ao Código de Defesa do Consumidor.

No entanto, no dia 8 de agosto, o Tribunal de Justiça aceitou o recurso de uma rede de supermercados e cassou a liminar, obtida no fim de junho pela associação civil SOS Consumidor, que obrigava a distribuição gratuita.

Mas, após idas e vindas, a Associação Paulistas de Supermercados resolveu voltar a distribuir as sacolas plásticas, desta vez com mensagens de conscientização sobre o problema do plástico para o meio ambiente.

No final, o Ministério Público e o Tribunal de Justiça entenderam que apenas o consumidor estava arcando com o ônus ao pagar até 60 centavos por sacola.

Felpuda


O sumiço de algumas figurinhas carimbadas da política não acontece em virtude da necessidade de isolamento como uma das formas de prevenção à pandemia. Em verdade, seria porque não têm mesmo o que e a quem falar. Com o advento das redes sociais, quem acha que fazer campanha eleitoral continua como na época do “eu prometo” está a um passo de ver o sonho de conquistar mandato se transformar em pesadelo. Pelo jeito, não estão nem conseguindo dormir.