Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Sacerdote de Morales preso com 240 kg de coca

30 JUL 10 - 09h:17
O sábio aimará que, em 2006, entregou um bastão a Evo Morales quando este se tornou presidente da Bolívia foi detido por tráfico de drogas, informaram nesta quinta-feira autoridades locais.
Valentin Mejillones foi detido pela Força Antidrogas da Bolívia após a descoberta de um laboratório de produção de cocaína em sua casa na cidade de El Alto. No local, foram apreendidos 240 quilos da droga em forma líquida. Quando a polícia chegou, o sábio estava ao lado de seu filho, de mesmo nome, e um casal de colombianos.
O diretor da Força Nacional de Luta contra o Narcotráfico, Félix Molina, disse em coletiva de imprensa que Mejillones e os demais foram detidos “em flagrante” na “purificação da cocaína”.
“Fui enganado. É uma surpresa. Não tenho nada a ver. Eu fiz a eles um favor, eles me disseram que iam fazer pastilha de erva, pomadas”, disse o indígena.
Mejillones entregou a Morales dois bastões. Um em 2005, antes das eleições, para dar-lhe sorte, e outro quando já tinha sido eleito, em 2006, quando recebeu o bastão de mando em uma cerimônia indígena no centro cerimonial de Tiwanaku por ser o primeiro presidente indígena da Bolívia.
O caso ocupa a primeira página dos jornais locais, em sua maioria contrários ao governo. Os veículos também publicaram a denúncia de um ex-funcionário do governo, que acusou o alemão Dirk Schmidt, procurado em seu país por tráfico de armas, de ter trabalhado para o governo.
O ministro de Interior, Sacha Llorenti, declarou que Schmidt “não foi e não é funcionário do ministério do governo e é um homem de altíssima periculosidade”.
Anteriormente, Gustavo Torrico, destituído do cargo de vice-ministro do Interior há 12 dias, disse que contratou o alemão em fevereiro como seu “informante pessoal” e encomendou a ele tarefas específicas em Santa Cruz.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

EM RAZÃO DOS PROTESTOS

Voos que sairiam do Brasil para Santiago estão sendo cancelados

Consumidor pode cancelar pacotes sem ônus ou multas
DEMITIDO DO GOVERNO

Marcos Cintra é chamado para reestruturar o PSL

Cintra foi demitido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes
Chuva não dá trégua e cerca de parque não foi reparada; animais já andam pela via
TEMPORAL

Chuva não dá trégua e cerca de parque não foi reparada; animais já andam pela via

Roberta D'Albuquerque: "Nove mil, quinhentos e noventa e nove reais"
ARTIGO

Roberta D'Albuquerque: "Nove mil, quinhentos e noventa e nove reais"

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião