Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

TJ/MS

Ruy Celso é promovido a desembargador

14 ABR 2011Por DA REDAÇÃO00h:04

Os desembargadores que compõem o Tribunal Pleno votaram, ontem (13), a indicação ao cargo de desembargador. A vaga foi destinada à magistratura estadual, pelo critério merecimento, e o mais votado foi o juiz auxiliar da Presidência Ruy Celso Barbosa Florence.
 
Na lista tríplice figuraram também os juízes Luiz Gonzaga Mendes Marques e Marcos José de Brito Rodrigues. A data da posse será 11 de maio.
 
Muito emocionado, o novo desembargador da mais alta corte da justiça sul-mato-grossense confessou que encara o cargo como um desafio, pois terá que decidir sobre todas as matérias. “Espero continuar podendo fazer justiça e auxiliar os menos favorecidos. As expectativas quanto ao futuro são de crescimento sempre, tanto pessoal quanto profissional e espiritual”, disse ele.
 
Ruy Celso Barbosa Florence é paulista de Aguaí e ingressou na magistratura em fevereiro de 1986, quando começou a carreira em Aquidauana. Em agosto do mesmo ano, por merecimento, foi promovido a juiz de Direito e passou a atuar em Bonito.
 
Por antiguidade, em outubro de 1988, foi promovido para juiz de 2ª entrância e passou a atuar na 1ª Vara de Paranaíba. A pedido, em outubro de 1990, foi removido para a 1ª Vara Cível de Aquidauana.
 
Pelo critério merecimento, em abril de 1996, foi promovido a juiz de entrância especial para a 4ª Vara de Família da Capital e, em abril de 2007, foi removido para a Vara de Execução Fiscal Estadual de Campo Grande.
 
Entre suas muitas atribuições, Ruy Celso foi juiz auxiliar da Corregedoria-Geral de Justiça, biênios 2001/2002 e 2009/2010, e atua como juiz auxiliar da Presidência desde 1º de fevereiro de 2011. Foi membro efetivo do TRE/MS, na classe juiz de direito. É doutor em Direito das Relações Sociais, mestre em Direito das Relações Sociais, especialista em Direito Penal e Criminologia, bacharel em Ciência Jurídicas e Sociais e professor da Escola Superior da Magistratura de MS.
 
Ruy Celso também é professor decano dos cursos de graduação e pós-graduação em Direto da  Universidade Anhanguera, além de ter sido o primeiro coordenador do Curso de Direito daquela  universidade. É professor convidado da Escola Superior do Ministério Público de MS, da Escola Paulista da Magistratura, membro  fundador da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras Jurídicas, membro do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais.
 
Além de ter muitas obras publicadas, ele foi presidente da Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul (AMAMSUL), professor do Departamento  de Filosofia do Direito da  PUC/Campinas, diretor da Escola Judiciária Eleitoral do TRE/MS. Recebeu título de cidadão sul-mato-grossense da Assembleia Legislativa e título de cidadão aquidauanense da Câmara Municipal de Aquidauana.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também