Terça, 20 de Fevereiro de 2018

Rússia paga US$ 1 bi para operar campo de petróleo na Venezuela

13 SET 2009Por 19h:20
     

        Da redação

        O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse neste domingo que empresas russas vão pagar um bônus de 1 bilhão de dólares ao país pelo direito de operar um campo de petróleo pesado da Faixa do Orinoco.
        Venezuela e Rússia acordaram a criação de uma empresa mista para explorar o Bloco Junin 6, onde esperam produzir entre 400 mil e 450 mil barris por dia de petróleo.
        "A Rússia, as empresas russas, vão a pagar um bônus de 1 bilhão de dólares", disse Chávez durante seu programa semanal de rádio e tevê "Alô, presidente".
        O ministro de Energia venezuelano, Rafael Ramírez, explicou que o pagamento deve-se à participação no projeto conjunto.
        "Efetivamente, é um bônus por ter acesso à exploração de reservas em conjunto conosco", disse Ramírez.
        As operações entre a estatal Petróleos de Venezuela (PDVSA) e o Consórcio Nacional Petroleiro (CNP), integrado pelas empresas russas Rosneft, Gazprom, Lukoil, TNK-BP e Surgutneftegaz, se iniciarão em 2012.
        Chávez viajou na semana passada à Rússia, país com o qual vem ampliando nos últimos anos as relações, com diversos acordos na área de energia e na compra de armas. (informações do Estadão)

Leia Também