Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

UCRÂNIA

Rússia deve arcar com custo de intervenção, diz Obama

Rússia deve arcar com custo de intervenção, diz Obama
12/03/2014 23:00 - FOLHAPRESS


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, alertou a Rússia hoje que o Ocidente será forçado a aplicar "penalidades" a Moscou caso o país não mude o curso em sua disputa com a Ucrânia, numa possível referência a sanções.

Obama se reuniu com o primeiro-ministro ucraniano, Arseni Yatseniuk, no Salão Oval da Casa Branca e disse a jornalistas, com o premiê ucraniano sentado ao seu lado, que "vamos ficar do lado da Ucrânia".

"Caso o referendo ocorra, os EUA rejeitarão completamente seus resultados", afirmou Obama, dizendo ainda que outros países seriam forçados a aplicar sanções à Rússia que apoia o referendo na Crimeia por violar o direito internacional.

Os EUA repetiram nos últimos dias que apoiam a legitimidade do governo de Yatseniuk, que assumiu o poder após três meses de protestos populares que terminaram com a queda do presidente Viktor Yanukovich.

A postura contrasta com a da Rússia, para quem o que tirou Yanukovich do poder foi "um golpe de Estado". 

Felpuda


Sindicalista defende o fim de mordomias e privilégios dos políticos e dos integrantes de outros Poderes, conforme divulgação feita por sua assessoria. Para ele, está na hora de se colocar um basta nessa situação, questionando, inclusive, o número de parlamentares e de assessores. Entretanto, não demonstra a mesma aversão por aqueles dirigentes de sindicatos que se perpetuam no poder e que comandam mais de uma entidade, assim como ele. Afinal, o exemplo deve vir de casa, né?