Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

SANTA EMÍLIA

Rua em bairro vira 'passarela do lixo'
e é risco à saúde

23 JAN 14 - 00h:00DA REDAÇÃO

Mais de um quilômetro de via pública coberta de lixo. Essa é a realidade dos moradores próximo à Avenida Wilson Paes de Barros, do Bairro Santa Emília, que virou a passarela do lixo de Campo Grande, conforme reportagem na edição de hoje (23) do jornal Correio do Estado. A via, que dá acesso ao Cerradinho, Nova Campo Grande e Vila Popular, tornou-se um novo ponto de descarte de empresas e população. No local, é possível encontrar de sofá a animais mortos, além de muitos pneus cheios de água. “O cheiro que vem daqui é terrível”, disse o serralheiro Nelson Alves de Oliveira, 39 anos, morador do bairro há mais de 10.

Ele e mais um grupo de pessoas cansadas de cobrar uma posição da prefeitura realizaram um protesto na semana passada para chamar a atenção das autoridades. “Só quem vive aqui sabe a nossa situação. Vivemos preocupados com dengue e leishmaniose, porque tem de tudo nessa rua”, afirma. Os moradores flagraram diversos descartes feitos por caminhões no local. “E não era coisa pequena não. São empresas que trabalham com caçamba de lixo”, conta o técnico em informática, Ailton Fernandes de Barros, 40, que tem fotografado e filmado os autores. A reportagem é de Beatriz Longhini.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Confira o seu astral para esta quinta-feira
OSCAR QUIROGA

Confira o seu astral para esta quinta-feira

PRÓXIMA SEMANA

Brasil fica de fora de discursos em Cúpula do Clima da ONU

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta quinta-feira: "Educação e respeito"

ARTIGO

Paulo Corrêa: "PEC paralela mobilizou parlamentares estaduais"

Presidente da Assembleia Legislativa de MS

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião