Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

POLÍCIA

Roubo a rede de supermercados foi comandado de dentro do presídio

30 MAR 2011Por EVELIN ARAUJO10h:07

O roubo que aconteceu no último dia 17 em uma rede de supermercados na Rua Joaquim Murtinho, em Campo Grande, foi comandado de dentro do presídio. 

Eduardo Henrique Costa, de 29 anos, teria sido contratado pelo primo preso do açougueiro Wellverson dos Santos Rolão, de 21 anos, que facilitou a entrada de um terceiro no supermercado. Eduardo não pode executar o assalto "por questões de lojística", segundo informou o delegado responsável pelas investigações André Luiz Novelli Lopes, da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf).

"Não tinha veículo para Eduardo ir realizar o roubo", disse o delegado. Ele então teria ligado 15 minutos antes do crime para um outro assaltante, ainda não identificado pela polícia. Foi ele quem executou o assalto e disparou dois tiros em um dos funcionários. "Ele deu duas coronhadas na funcionária, após ela já ter entregue o malote com R$ 4.592, e a arma disparou acidentalmente, conforme pudemos observar nas imagens", esclareceu André Novelli. 

A movimentação registrada pelo circuito interno do supermercado não foi divulgada para a imprensa para não atrapalhar a procura do suspeito pela polícia. 

Wesley Henrique dos Santos, de 23 anos, foi quem piotou a moto Titan azul que foi usada para o roubo. Ele, Wellverson e Eduardo se reuníram em um restaurante próximo ao local do assalto na tarde do crime para combinar como seria a movimentação. Do total roubado, R$ 1,5 mil foi usado para pagar o assaltante encomendado por Eduado e o restante foi dividido. A polícia recuperou R$ 200 com Wesley. 

Leia Também