Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

FUTURO

Ronaldo fala em ser presidente do Corinthians

17 OUT 2010Por DA REDAÇÃO12h:08

 

O atacante Ronaldo cumpriu a promessa de conversar com os torcedores e fãs através da twitcam. O centroavante fez a transmissão, na noite de ontem, do hotel em que o Corinthians está concentrado e falou sobre diversos assuntos. Deixando até no ar a ideia de ser presidente do Corinthians.
 
Um dos assuntos abordados pelo jogador foi o das recentes manifestações da torcida corintiana, que foi até o treinamento do clube por dois dias seguidos protestar contra os atletas e contra a atitude da equipe. Para Ronaldo, a situação deveria ter sido evitada.
 
"Foram 200 caras lá para protestar e isso não ajuda em nada. O torcedor tem o direito de torcer no campo, na arquibancada. Mas, quando ele vai ao nosso treino, ele perde a razão. Era a hora de ser mais civilizado", comentou o jogador, que não gostou de ver seus colegas sendo criticados.
 
"Não tenho muito a dizer sobre faixas citando os nomes de jogadores. É uma pequena parte da torcida, que não está contente, mas eles precisam respeitar e se manter no direito do torcedor, que é vaiar na arquibancada. Protesto tem que ser com educação, civilizado, sem ofender as pessoas", afirmou.
 
O Fenômeno foi perguntado sobre a possibilidade de se tornar presidente do Corinthians. Algo que, para ele, é possível. "É algo que poderia me dar prazer, continuar ligado ao futebol e a um clube que eu amo. É algo que eu poderia pensar no futuro", garantiu o craque.
 
Além disto, o atacante afirmou que não tem preferência para técnico, mas que gosta muito de Carlos Alberto Parreira e já falou com ele para assumir o Timão. A resposta, segundo ele, não foi animadora. "Conheço bem o Parreira e liguei para ele para convencê-lo, mas ele está mais para recusar. É compreensível a opinião dele", disse.
 
Com Gazeta Press

Leia Também