Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 14 de novembro de 2018

VOLUNTÁRIOS

Ronaldo convoca 'time' para a Copa

22 AGO 2012Por TERRA00h:00

Atual membro do Comitê Organizador Local (COL), Ronaldo destacou a importância dos brasileiros se envolverem no programa de voluntários para a Copa das Confederações 2013 e a Copa do Mundo, em 2014. O lançamento ocorreu ontem, em Salvador.

"É uma missão muito importante para o sucesso da Copa do Mundo no Brasil. Esse sucesso só vai acontecer se houver a participação das pessoas. Nós vamos fazer não apenas a melhor Copa do Mundo, mas também o melhor projeto de voluntariado de todos os tempos. Queremos a participação de todos", garantiu Ronaldo.

Estiveram presentes também no evento, outros membros do COL, como Ricardo Trade e Bebeto, além do Secretário-executivo do Ministério do Esporte, Luis Fernandes, e do governador da Bahia, Jacques Wagner.

"Eu fui voluntário na Copa da África e sou testemunha de quanto é uma função importante. Sem o voluntariado é muito difícil fazer uma competição do tamanho que é a Copa. Precisamos participar. Sempre digo: não é o COL nem a Fifa que fazem a Copa, mas o povo", afirmou Ricardo Trade.

O secretário-executivo do Ministério do Esporte, Luis Fernandes, usou como exemplo as Olimpíadas de Londres este ano, para reforçar a idéia que espera 100 mil voluntários entre as duas competições

"Em Londres tivemos 70 mil voluntários. As pessoas levaram a marca da boa vontade, da solidariedade. O programa é uma das chaves para o sucesso nos eventos que teremos. O voluntariado é tão importante quanto os investimentos em obras e infraestrutura", afirmou Fernandes.

As inscrições para o programa de voluntariado ligados a COL/Fifa já podem ser feitas desde ontem, por meio do site oficial da Fifa. Em outro momento, será feito o recrutamento para voluntários ligados ao governo federal e às sedes.

Apenas 7 mil voluntários serão selecionados para a Copa das Confederações e 15 mil para o Mundial em 2014, ligados ao COL/Fifa. Tanto brasileiros como estrangeiros podem participar do programa.

Os voluntários irão passar por treinamentos online e presencial, dinâmicas de grupo, teste de idiomas, além de outras atividades. Eles irão atuar nos estádios, serviços médicos, centro de treinamentos, serviços de alimentação, transporte e credenciamento. Serão em média 27 áreas de trabalho.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também