terça, 17 de julho de 2018

Rogério critica duramente Simon após expulsão

25 OUT 2009Por 19h:45
     

        Da redação

        O goleiro Rogério Ceni teria motivos suficientes para comemorar após a vitória por 4 a 3 do São Paulo no clássico diante do Santos, neste domingo, na Vila Belmiro. Além do resultado, que manteve o time na luta pelo título, Rogério marcou, de falta, o gol do triunfo, interrompendo um jejum que já durava mais de um ano. No entanto, a sua expulsão logo após o gol marcado revoltou o goleiro.
        Ainda na saída do gramado, Rogério se disse perseguido pelo árbitro Carlos Eugênio Simon. "Só gostaria que ele não apitasse jogos do São Paulo. É algo pessoal. Não é a primeira vez que ele me expulsa", afirmou, se referindo a um jogo ainda em 2001. Na oportunidade, o gaúcho expulsou Rogério por parar uma jogada com a mão fora da área, e o São Paulo acabou goleado por 7 a 1 pelo Vasco, em São Januário.
        No clássico deste domingo, Rogério foi expulso por trombar com o atacante Jean na entrada da área, num lance em que o santista ia encobrindo o são-paulino. "Não sei o que houve. O Simon me persegue. Fazer o quê?", opinou o goleiro sobre a jogada. "Foi trombada. Isso acontece no jogo toda hora. Não acho justo esse cara apitar meu jogo."
        Diferente de Rogério, o técnico Ricardo Gomes preferiu amenizar as críticas a Simon pela expulsão. "Ele foi com o pé no alto, assim como o rapaz do Santos. Não acredito em perseguição, mas existe um histórico entre os dois. O Simon dirigiu bem o jogo", disse o treinador. (informações do Estadão)

Leia Também