domingo, 22 de julho de 2018

Ansiedade?

Roer unhas é sinal de compulsão

4 NOV 2010Por Terra15h:15

Quem nunca se deparou roendo as unhas em momentos de estresse, nervosismo e ansiedade? O que muitos não sabem é que o hábito pode ser compulsivo e que causa danos sim. Trata-se da chamada onicofagia, que atinge homens e mulheres de todas as idades. "Não há idade específica, mas observo muitos casos com adolescentes. Há crianças que começam a roer por ver os pais fazendo", afirmou a médica Meire Parada, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Segundo ela, essa compulsão pode trazer consequências, como traumatizar a base da unha. "Ao levar a unha à boca, você acaba tendo o contato com o dente, que causa danos e acaba deformando a unha. Além disso, pode machucar a cutícula e causar infecções, já que a boca contém bactérias", disse a dermatologista.

"Nem sempre esses medicamentos são suficientes. É preciso ser feito um trabalho junto ao psicólogo para que se entenda qual é o motivo que leva a pessoa a manter o hábito", afirmou a médica, ao acrescentar que, para parar, a pessoa precisa ter consciência disso e querer mudar seus hábitos.

Sinal
Para a psicóloga clínica Marina Genova, roer unhas não é considerado um distúrbio, mas um sintoma de que algo não está bem. "Não há causas isoladas que gerem a onicofagia. O problema pode ocorrer como sinalizador de algum desconforto relacionado à ansiedade do paciente, como pensamentos, sofrimentos, angústia", disse. Em alguns casos, pode ser indicado até o uso de medicação antidepressiva por um médico especializado.

Produtos
Para evitar que a pessoa leve a unha à boca e tentar frear a compulsividade, há produtos manipulados a partir de receitas prescritas por médicos. Existem também opções já prontas no mercado. Os produtos são amargos para tentar causar repulsa à pessoa que tem o hábito de roer. Entre as opções à venda, está a Solução Para Unhas Roídas, da Avon, que custa R$7. Pode ser usado sozinho ou sobre a unha pintada, já que é incolor e não altera a aparência do esmalte. Mas não pode ser usado em crianças menores de 12 anos. Outra alternativa é o Impala Care - inibidor do hábito de roer unhas (R$ 6,80), que deve ser aplicado na camada mais superficial da unha.

Leia Também