Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 20 de novembro de 2018

RJ: TJ reduz pena do goleiro Bruno

15 AGO 2012Por terra05h:00

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro reduziu, nesta terça-feira, para um ano e 2 meses de reclusão a pena do goleiro Bruno Fernandes. 

Também houve redução para 7 meses de detenção em regime aberto. Ele responde por sequestro, cárcere privado, lesão corporal, constrangimento ilegal e concurso material de Eliza Samudio, em dezembro de 2009. O réu já cumpriu a pena e o processo é considerado extinto.

Luis Henrique Romão, o Macarrão, também teve o pedido de acolhimento aceito para um ano e dois meses. 

O recurso do Ministério Público foi negado pela desembargadora que analisa o caso. 

Os acusados não estiveram no Rio de Janeiro.

Bruno completou dois anos de reclusão em julho deste ano e está em liberdade condicional, mas continua detido devido ao mandado de prisão referente ao assassinato da jovem.

Um dos advogados do goleiro, Francisco Simim, ressaltou que também aguarda o julgamento do habeas corpus do jogador pelo STF (Supremo Tribunal Federal) em Brasília.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também