terça, 17 de julho de 2018

Rivalidade entre torcidas resulta na morte de três jovens

9 FEV 2009Por 17h:12
     

        A  rivalidade entre torcidas dos times de futebol Goiás e Vila Nova resultou na morte de três adolescentes na periferia de Goiânia (GO) na madrugada de domingo, horas antes do clássico entre os dois times, no Estádio Serra Dourada. No mesmo dia, foram presas mais de 50 pessoas, a maioria adolescentes integrantes de torcidas organizadas, todos acusados de atos de violência. Um jovem de 20 anos, líder de uma facção da torcida do Goiás, foi apresentado nesta segunda-feira como autor do triplo homicídio.

        A chacina aconteceu durante uma festa de aniversário em uma casa no Jardim Curitiba IV. O aniversariante Rafael Vieira Figueiredo, que completava 17 anos de idade, foi executado com tiros na cabeça e no tórax. Jaderson de Souza, 17 anos, e Ari Aranha Júnior, 22 anos, amigos de Rafael, também foram atingidos por tiros na cabeça e morreram no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Um rapaz de 23 anos de idade, que foi baleado com ferimentos leves na cabeça, recebeu tratamento no Hugo, sendo liberado ainda na manhã de domingo.

        Com informações do site G1

         

Leia Também