Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

Chuvas

Rio de Janeiro tem cenário caótico após noite de alagamentos

26 ABR 2011Por R709h:44

Por causa do forte temporal que atingiu o Rio de Janeiro na segunda-feira (25) e na madrugada desta terça-feira (26), o cenário na capital fluminense era caótico no início da manhã.

A chuva que ainda cai na cidade está provocando alagamentos nas ruas. A enxurrada causou quatro deslizamentos de terra na zona norte, região mais afetada.

Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, a Defesa Civil recebeu 78 chamados entre 19h de segunda-feira e 4h30 desta terça.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma pessoa morreu após ser arrastada pela enxurrada na praça da Bandeira, zona norte. O prefeito Eduardo Paes não havia confirmado a informação até as 8h. Uma mulher foi atingida por uma descarga elétrica na rua Conde de Bonfim, na Tijuca, zona norte. Ela foi socorrida por bombeiros e levada para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro.

O sistema de alerta foi ativado em pelo menos 11 encostas. Em quatro horas, choveu o volume esperado para 40 dias. Em entrevista à Rede Record, Paes disse que choveu cerca de 274mm no período de nove horas na área da Grande Tijuca.

- No ano passado, choveu 300mm em 12 horas no Sumaré. Só na Grande Tijuca, em nove horas, choveu cerca de 274mm.

Mesmo após o forte temporal, o prefeito garante que a situação está praticamente normalizada na cidade.

- A situação é regular na cidade. Nós alertamos a população e priorizamos a vida das pessoas através do sistema de alarmes. O problema ainda é a autoestrada Grajaú-Jacarepaguá. Ela continua interditada por causa do deslizamento de uma pedra. Nós já estamos trabalhando para retirá-la e a previsão é a de que ela seja implodida ainda nesta manhã.

O bloco de rocha de 300 m³, do tamanho de um caminhão, atingiu a pista nesta madrugada. Não houve vítimas neste deslizamento.

Leia Também