Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

Rigo diz que André protegeu Artuzi

22 SET 2010Por 16h:11

Nas gravações feitas pelo secretário Eleandro Passaia com o apoio técnico da Polícia Federal, o deputado estadual Ary Rigo comenta que o governador André Puccinelli ficou irritado porque o prefeito Ari Artuzi o acusou de tentar prejudicá-lo, quando, ainda segundo o deputado, aconteceu justamente o contrário. “O André tá p... com ele sabe por quê? Porque ele dizia que eu e o André queria f... ele, quando nós tiramos ele da cadeia”, criticou. “Você dá 300 mil por mês pro Ministério Público, segurando tudo (...) e ele fica dizendo que eu e o André tava f... ele”.

Operação Uragano
O diálogo divulgado no YouTube foi registrado por Passaia, secretário de Governo e de Comunicação de Ari Artuzi, em 12 de junho deste ano por volta das 10h40min. Os vídeos fazem parte de uma série de gravações feitas durante as investigações que culminaram na Operação Uragano (furacão, em italiano). Artuzi foi preso pela Polícia Federal em 1º de setembro, acusado por fraude em licitações, corrupção e formação de quadrilha. Na semana passada, ele foi afastado do cargo por decisão do desembargador Claudionor Abss Duarte.
Artuzi também responde processo por crimes apurados pela PF na Operação Owari, que no ano passado prendeu 42 pessoas, entre elas, secretários municipais, empresários, vereadores e o vice-prefeito Carlinhos Cantor (PR). Eles foram indiciados por supostas fraudes em licitações e contratos públicos, especialmente na área da Saúde.
Procurado pela reportagem, Rigo não retornou às ligações. A assessoria de Puccinelli também não se pronunciou sobre o assunto. (MM)

Leia Também