Sábado, 17 de Fevereiro de 2018

Improvisado

Richarlyson está nos planos de Carpegiani para 2011

10 NOV 2010Por Uol14h:09

Questionado por parte da torcida pelos frequentes cartões amarelos e expulsões, Richarlyson segue em alta com Carpegiani e reforça o São Paulo domingo, às 19h30, contra o Vasco, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O camisa 20 defende um aproveitamento de 100% com o treinador.

Improvisado na lateral esquerda, Richarlyson participou de quatro partidas sob o comando de Carpegiani e venceu todas. Ele não esteve nas derrotas para Ceará e Corinthians e no triunfo por 2 a 0 sobre o Vitória, pois cumpriu suspensão.

O contrato do atleta de 27 anos se encerra em dezembro, e o chefe da comissão técnica já solicitou a renovação. “Conversei com a direção e com ele também. O pensamento de querer ficar com o jogador é uma coisa, outra é acertar um novo contrato. Depende da direção também”, comentou Carpegiani.

Richarlyson já recebeu propostas de Fluminense e Botafogo, e o palmeirense Luiz Felipe Scolari também o procurou. A decisão só será tomada ao término do Brasileiro, e são boas as chances de o meio-campista mudar de ares após mais de cinco anos no clube tricolor.

Enquanto isso, ele defende o bom retrospecto na nova ‘era’. “Fico feliz em saber que ainda estou invicto com o Carpegiani, mas ao mesmo tempo triste, pois não consegui ajudar o pessoal na hora que precisava. São só coincidências, e o importante é a evolução da equipe com ele no comando. Agora é seguir trabalhando forte para que as coisas possam melhorar ainda mais", declarou o são-paulino ao site oficial do clube.

“É uma troca de confiança, um treinador que abre espaço para o diálogo. Todos nós estamos trabalhando em prol do grupo. Sempre tento fazer aquilo que ele pede. Fico feliz por tê-lo como treinador. Vai somar na minha carreira", concluiu.

Richarlyson desfalcou o elenco contra o Corinthians porque foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela expulsão contra o Santos, em 17 de outubro. “O clássico já passou e não adianta ficar lamentando. Felizmente eu não peguei tantos jogos de suspensão como especulavam. Já posso voltar contra o Vasco e ajudar o time nestes últimos jogos. Vou fazer o melhor possível para ajudar o São Paulo a terminar o campeonato de uma forma digna", finalizou.

Leia Também