Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

CASO SANASA

Ricardo Candia consegue habeas corpus

27 MAI 2011Por DA REDAÇÃO16h:33

A defesa do ex-diretor de controle urbano da Prefeitura de Campinas e ex-prefeito de Corumbá, Ricardo Chimirri Candia, obteve o habeas corpus do suspeito de envolvimento em um esquema de fraudes de contratos públicos na cidade na tarde desta sexta-feira (27).

O pedido foi aceito pelo desembargador Amado de Faria, do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP). Candia está preso desde o último dia 20, depois que teve a prisão temporária decretada e renovada até às 23h59 do próximo domingo (29) pela Justiça de Campinas. Ele ainda não deixou a cadeia anexa ao 2º Distrito Policial de Campinas, e antes de ser solto, fará exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML).

Novos trechos de conversas divulgados pelo MP, mostram que o ex-diretor continuou influente no governo, negociando propinas. Em um dos casos, ele intermediou a redução de uma dívida de IPTU, mas cobrou 15% sobre o valor. A quantia, que deveria ser paga em dinheiro, seria dividida entre ele, a “doutora” (que seria Rosely Nassim Santos) e uma outra pessoa.

A investigação do MP mostra que Candia intermediava várias negociações na prefeitura. De acordo com o ex-presidente da Sanasa e delator do esquema de corrupção, Luiz Augusto Aquino, era Candia quem buscava as propinas nas empresas que fechavam os contratos fraudulentos, junto com a primeira-dama.

Confira a atual situação dos envolvidos no caso Sanasa

Com informações do EPTV

Leia Também