Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Sul-coreanos

Reunião discutiu exportações em Bataguassu

13 JUL 12 - 11h:37Gabriel Maymone

A secretária de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, recebeu hoje (13), pela manhã, uma missão sul-coreana com o objetivo de apresentar as potencialidades do Estado, especificamente, da região de Bataguassu e da área destinada à Zona de Processamento de Exportação (ZPE).

Para o diretor-presidente da Empresa Gestora da Zona de Processamento de Exportação de Bataguassu (Egezpe), Germano Silva, os sul-coreanos ficaram satisfeitos com a infraestrutura logística do Estado. “Fizemos um sobrevôo para conhecer a região e a grande preocupação dos sul-coreanos era a logística. Ao conhecerem os investimentos feitos pelo governo do Estado e os três modais disponíveis, hidrovia, ferrovia e rodovia, ficaram otimistas e sanaram as dúvidas que tinham, desmistificando as informações” afirmou Germano.

“Foram sinalizadas possibilidades de grandes investimentos até o final de 2012. Esta visita de hoje foi muito importante para eles conhecerem os investimentos no Estado e os diferenciais atrativos econômicos de Mato Grosso do Sul. A ZPE de Bataguassu é uma das cinco zonas visitadas pelos investidores e com forte potencial econômico” destacou Germano. Um dos setores abordados durante a reunião foi o de produção e exportação de carne.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Servidores vão à Assembleia protestar conra corte de abono e reajuste
NEGOCIAÇÃO DURA

Servidores protestam contra cortes na Assembleia; Veja

BRASIL

Carlos Bolsonaro critica Mourão pelo terceiro dia consecutivo

PF pede prorrogação do inquérito que apura atentado contra Bolsonaro
PRESO EM CAMPO GRANDE

PF quer prorrogar inquérito sobre ataque a Bolsonaro

BRASIL

Ministério da Economia estima economia de R$ 6,4 bi de MS com nova previdência

Estimativa foi divulgada pela assessoria da Pasta

Mais Lidas