terça, 17 de julho de 2018

DANOS

Responsáveis por pichações são levados para delegacia

13 NOV 2010Por DANIELLA ARRUDA00h:00

U. P. M. de C., de 18 anos, e um menor de 17 anos foram detidos por guardas municipais, acusados de pichar a arena de skate da Orla Morena, entre a Avenida Júlio de Castilhos e a Rua Antônio Maria Coelho, na região do Bairro Cabreúva. A dupla foi encaminhada para o Centro de Polícia Especializada (Cepol), onde assinou termo circunstanciado de ocorrência na Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude (Deaij) e vai responder em liberdade pelo delito de pichação de edificações, conforme informações da delegada titular da Deaij, Maria de Lourdes Souza Cano.

Este é o segundo caso de envolvimento de menores com pichações registrado pela delegacia especializada nos últimos 15 dias. Em 28 de outubro, outros três adolescentes foram encaminhados para a Deaij, acusados de ter pichado o muro de uma serralheria na Vila Eliane. Dentro da mochila de um dos menores, foi localizada uma garrafa pet de dois litros contendo tinta branca e um rolo utilizado em pintura. "É um delito de natureza leve e nesse caso os adolescentes são liberados e entregues aos pais ou responsáveis após assinatura de termo circunstanciado de ocorrência, respondendo a processo junto à Vara de Infância e Juventude", explicou a delegada. Não há estatísticas sobre a frequência desses casos, que em geral resultam no cumprimento de pena alternativa, como por exemplo pagamento de cestas básicas.

 Patrimônio público
O flagrante dos dois jovens na Orla Morena, realizado por meio do serviço de inteligência da corporação, aconteceu dois dias após matéria publicada pelo Correio do Estado denunciar atos de vandalismo na obra pública, que ainda nem chegou a ser inaugurada. Conforme informações do subtenente Antunes, chefe do núcleo de inteligência da Guarda Municipal, as pichações no parque linear da Orla Morena começaram há 15 dias e desde então o local vinha sendo monitorado pela Guarda Municipal.

No momento da abordagem, realizada por volta das 20h de quarta-feira, foi constatado que havia desenhos recentes no local (a tinta ainda não havia secado) e em poder da dupla os guardas municipais encontraram diversos frascos de spray grafite, cinco litros de tinta fresca acondicionada em garrafas pet, pincéis, rolos e outros materiais de pintura. Um caderno também foi apreendido, contendo pelo menos 10 figuras semelhantes às encontradas na Orla Morena.

Conforme apurado pela Guarda Municipal, os dois jovens pertencem a uma comunidade em site de relacionamentos, que utiliza sempre os mesmos desenhos e expressões, agindo em várias regiões da cidade. "Há os mesmos desenhos e expressões no Obelisco, na Avenida Bandeirantes e no Parque Ayrton Senna", mencionou o subtenente Antunes.

Leia Também