Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

Resgate de corpos do voo 447 tem prazo de 48 horas

3 MAI 2011Por folha21h:42

Uma tentativa de resgate dos corpos dos passageiros do voo 447 da Air France submersos no Atlântico desde 2009, será efetuada em um prazo de 24 a 48 horas, de acordo com a agência de notícias France Presse.

Segundo a agência, o responsável pela informação, ligado às operações de busca, se mantém prudente sobre os resultados desta operação e lembra principalmente que os corpos das vítimas da catástrofe aérea passaram muito tempo submersos. A operação de resgate deve ser realizada por militares.

As causas do acidente com o Airbus A330, no qual morreram 228 pessoas podem ser esclarecidas após a análise das duas caixas-pretas recuperadas domingo e segunda-feira.

A ministra dos Transportes da França, Nathalie Kosciusko-Morizet, havia anunciado que "a fase de retirada do avião poderá ser iniciada dentro de três semanas, um mês", assim como o "resgate dos corpos".

"O problema dos corpos é um pouco espinhoso. Há um aspecto traumatizante, não sabemos em que estado estão", disse Robert Soulas, vice-presidente da associação francesa das famílias de vítimas Ajuda Mútua e Solidariedade AF447.

"É muito estimulante para nós que estávamos sem notícias e ainda tínhamos esperança de encontrar os corpos. Vamos poder enfim enterrá-los", afirmou, por sua vez, o brasileiro Nelson Marinho, presidente da Associação das Famílias das Vítimas do Voo AF447 Rio-Paris.

Em seus últimos comunicados, o BEA não citou se os corpos das vítimas da tragédia serão resgatados.

Em abril, a Aeronáutica afirmou que o governo francês iria buscar os corpos das vítimas, mas que ainda não havia informações sobre a possibilidade do resgate.

A Associação das Famílias das Vítimas do Voo 447 da Air France, porém, disse que durante reunião com o BEA ficou decidido que os corpos não seriam resgatados, o que provocou protestos por parte dos parentes.

Leia Também