quarta, 18 de julho de 2018

TRAGÉDIA

Resgatados 17 corpos de deslizamento na Colômbia

7 DEZ 2010Por AGÊNCIA ESTADO, BOGOTÁ01h:50

Equipes de resgate retiraram ontem os corpos de 17 pessoas, entre elas duas crianças, do meio do barro e dos restos de casas pobres que foram cobertas por um deslizamento na véspera na Colômbia. As equipes seguiam ontem removendo terra da área em busca de desaparecidos, quando o país enfrenta as piores chuvas em pelo menos 40 anos. O deslizamento ocorreu na tarde de domingo, em uma colina no município de Bello, departamento (Estado) de Antioquia, 250 quilômetros a noroeste de Bogotá.

Autoridades disseram inicialmente que cerca de 50 casas pobres foram cobertas pela lama. Uma contagem posterior entre sobreviventes e moradores, porém, listou cerca de 30 casas. O diretor do Departamento Administrativo de Prevenção, Atenção e Recuperação de Desastres (Dapard) de Antioquia, John Rendón, disse por telefone, ontem, que podem estar presas 147 pessoas, incluindo os 17 corpos já retirados. Cerca de 300 pessoas trabalham no resgate, incluindo bombeiros, integrantes da Defesa Civil e voluntários, segundo Rendón.

Em Antioquia, pelo menos 97 dos 125 municípios do departamento estão em estado de emergência por causa das chuvas. Há mais de 130 mil pessoas afetadas pela chuva nessa região, e no país esse número chega a 1,6 milhão de pessoas. Muitos dos afetados seguem em suas casas, temendo perder tudo o que tem, disse ontem Luz Amanda Pulido, diretora do Escritório Nacional de Atenção e Desastres do Ministério do Interior.

Dos 17 corpos encontrados em Bello, dois eram de crianças, cinco de homens e cinco mulheres, segundo Amanda. Com isso, subiu para 193 o número de mortos pelas chuvas na Colômbia este ano, completou ela. A Cruz Vermelha Colombiana informa que no ano passado as chuvas mataram 110 pessoas, e em 2008, 48 pessoas. Segundo as autoridades, em 2010 as chuvas afetaram 1,6 milhão de pessoas cujas casas foram destruídas ou sofreram danos.

Leia Também