sexta, 20 de julho de 2018

Reservas do São Paulo ganham nova chance hoje

31 JAN 2010Por 10h:00
     

        Da redação

        Os reservas do São Paulo precisam enfrentar uma espécie de vestibular para jogar a Copa Libertadores. Atualmente, o grupo tem 34 jogadores, mas só 25 garantem vaga na competição mais importante da temporada. A segunda prova dos aspirantes é contra o Sertãozinho, neste domingo, às 18h30 (MS), no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.
        O jogador precisa agarrar com todas as forças a chance que tiver Até a estreia na Libertadores, no próximo dia 10, contra o Monterrey, do México, Ricardo Gomes programou três partidas para os reservas. Uma, contra o Mirassol (empate em 1 a 1), já foi. Neste domingo tem outra e a próxima deve ser no clássico contra o Santos, no dia 7. "Eles terão mais de uma oportunidade para jogar. E não significa também que uma má atuação em alguma delas já vai me fazer descartar o atleta", explicou o técnico.
        Mas o fato é que depois da primeira tentativa, alguns nomes já podem se considerar fora da disputa, como três jogadores que iniciaram a partida contra o Mirassol. O lateral-direito David não agradou e foi emprestado para o Rio Claro. O jovem atacante Mazola vai pegar mais experiência no Paulista. E o jogo no interior serviu para o técnico desistir de vez do zagueiro Renato Silva, que pode se transferir para o Grêmio.
        Mas nem tudo são ardores. O novato Xandão, contratado do Barueri no início do ano, sai ganhando na concorrência com o badalado Alex Silva e André Luis. O primeiro veio do Hamburgo lesionado e só deverá reestrear no São Paulo em março. Já o segundo não está na lista de inscritos para a primeira fase, pois o São Paulo não conseguiu reverter suspensão de seis jogos em competições continentais - ele mostrou um cartão amarelo para o árbitro quando, ainda no Botafogo, disputou a Copa sul-americana.
        TIME DO CORAÇÃO 

        Xandão deverá realizar o sonho de vestir a camisa do seu time do coração na competição mais importante para todo são-paulino. "Torço para o São Paulo desde pequeno. Cada dia que passo aqui já considero um sonho. Cada jogo é um momento mágico".
        Com a chegada de nomes de peso como Rodrigo Souto e Cléber Santana, além da permanência de Hernanes, um dos recém contratados do São Paulo pode ficar de fora da lista: Carlinhos Paraíba. O meia teve atuação modesta em Mirassol. Ganha outra chance neste domingo. Pode ser a última antes do Monterrey. "Sinto um pouco de dificuldade por estar chegando agora. Mas já é bom ter oportunidade de jogar esses jogos. Me levar para a Libertadores ou não é opção do técnico", conformou-se o atleta.
        Roger também deve ganhar outra chance. Sua vaga na Libertadores também está a perigo. Ricardo Gomes tem Washington, Marcelinho Paraíba, Dagoberto e Marlos para o ataque. E a vinda de Fernandão ainda não está descartada. É bom o atacante fazer gol. (informações do Estadão)

Leia Também