Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Repressão é insuficiente para combater às drogas, diz FHC

25 AGO 2010Por 09h:00
     O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso defendeu ontem (24) uma mudança cultural como forma de combater o uso drogas. ?Tem que haver um movimento cultural de regulação da droga?, disse ele, ao participar do 16º Seminário Internacional de Ciências Criminais.

Segundo Fernando Henrique, a repressão já se mostrou insuficiente para enfrentar as drogas. Por isso, acrescentou, é necessário que haja incentivo à redução do uso dessas substâncias. ?É preciso mudar o enfoque e ver como se pode reduzir o consumo.?

Para o ex-presidente, a ação policial como medida única para combater a expansão do tráfico tem resultado em violência e corrupção. ?Não só a repressão não tem sido eficaz, como tem sido instrumento para aumentar a violência e a corrupção.?

A descriminalização das drogas voltou a ser defendida por Fernando Henrique. Ele disse que a medida seria ?o passo inicial? para resolver o problema. De acordo com o ex-presidente, isso foi usado em Portugal para facilitar o acesso dos viciados ao tratamento.

O ex-presidente é contra, no entanto, a possibilidade de que a descriminalização seja submetida a um plebiscito. Isso porque, assinalou Fernando Henrique, ainda não houve uma discussão suficiente sobre o assunto para embasar a população em uma possível votação.

Leia Também