Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Repasse federal a MS cresceu 22% em fevereiro

24 MAR 10 - 10h:07
O repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE) para Mato Grosso do Sul aumentou 22% em fevereiro. No mês passado, foram R$ 47 milhões, contra R$ 38,5 milhões de janeiro. Ao comparar o repasse de fevereiro deste ano com o mesmo período de 2009, o incremento chega a 12,5%. A s om a do s r ep a s s es de 2008 – considerado o mel hor ano na economia do Estado – é de R$ 510,82 milhões; em 2009, fechou com R $ 482 ,26 m i l hões, apontando recuo de R$ 28,55 milhões (-5,6%) considerando- se valores nominais. O deputado Paulo Duarte (PT) ressalta que essa perda não foi tão sign ificat iva. “No segundo mês do ano, já recuperamos mais de R$ 8 milhões e essa é a tendência: o Estado vai recuperar em três meses o que perdeu em um ano. Por isso é que votei contra o empréstimo que o Governo do Estado recebeu do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), de R$ 79 milhões. Essa dívida foi desnecessária, além de limitar empréstimos futuros”. Os valores do FPE são oriundos principalmente do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e Imposto de Renda (IR). “O FPE é bom indexador, porque esses tributos refletem o crescimento da economia. A previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) nacional está previsto em 6% e o aumento do repasse prova que essa tendência é real”. Região Centro-Oeste Além de Mato Grosso do Sul, os outros três estados da região Centro-Oeste (Distrito Federal, Goiás e Mato Grosso), também tiveram redução do FPE. Por receber o maior volume de repasses entre os estados da região, Goiás contabilizou a perda de R$ 60,95 milhões, comparando-se os anos de 2008 e 2009. No ano passado, o volume total desses recursos foi de R$ 1.029,38 bilhão e, em 2008, o total recebido fechou em R$ 1.090,34 bilhão. Também com recuo de R$ 49,48 milhões recebidos em 2009, Mato Grosso fechou o ano com R$ 835,60 milhões; já em 2008, os valores somaram R$ 885,09 milhões. A perda do Distrito Federal chegou a R$ 14,79 milhões, na comparação de 2008, que fechou com R$ 264,69 milhões e 2009, que encerrou o ano com repasses de R$ 249,89 milhões.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Inca alerta sobre uso de dispositivos eletrônicos para fumantes
SAÚDE

Inca alerta sobre uso de dispositivos eletrônicos para fumantes

Aeronave do Esquadrão Pelicano da Capital vai auxiliar buscas por avião no Chile
FORÇA AÉREA

Aeronave do Esquadrão Pelicano da Capital vai auxiliar buscas por avião no Chile

SAÚDE

Teste da Anvisa encontra agrotóxicos acima do permitido em alimentos

Prefeitura não comparece, mas Consório e sindicato fecham propostas
REAJUSTE DOS MOTORISTAS

Prefeitura não comparece, mas Consório e sindicato fecham propostas

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião