quarta, 18 de julho de 2018

Repasse de FPM para MS teve alta de 14,2%

19 OUT 2010Por Edivaldo Bitencourt04h:00



Houve aumento de 14,2% no repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) às 78 prefeituras de Mato Grosso do Sul em setembro deste ano em relação ao mesmo período de 2009, segundo a Secretaria do Tesouro Nacional. Campo Grande teve o maior aumento, de 16,7%, no período. No entanto, o valor do fundo ainda não superou setembro de 2008, antes da crise econômica mundial.
No mês passado, os municípios sul-mato-grossenses receberam R$ 44,055 milhões, contra R$ 38,5 milhões em setembro do ano anterior. Apesar do crescimento ser três vezes superior à inflação oficial de 4,7%, registrada nos últimos 12 meses, o valor não superou o recorde de 2008, quando o governo federal repassou R$ 46,3 milhões às prefeituras do Estado.
O repasse para Campo Grande teve alta de 16,7%, de R$ 4,9 milhões para R$ 5,8 milhões em setembro. Nas principais cidades, houve aumento médio de 13,6%, sendo R$ 2,5 milhões para Dourados, R$ 1,3 milhão para Corumbá, R$ 1,2 milhão para Três Lagoas e R$ 1,2 milhão a Ponta Porã.
FPE
Já o valor repassado ao Governo de Mato Grosso do Sul pelo Fundo de Participação dos Estados (FPE) teve aumento de 13,8% em setembro em relação ao mesmo tempo do ano passado, de R$ 32,3 milhões para R$ 36,8 milhões. O repasse também não superou os R$ 38,7 milhões contabilizados neste mês de 2008.  No período de janeiro a setembro, Mato Grosso do Sul recebeu R$ 372,7 milhões, crescimento de 6,8% em relação ao mesmo período de 2009, quando foram R$ 348,8 milhões.

Leia Também