Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

Copa Libertadores

Renato Gaúcho assume responsabilidade por fiasco

5 MAI 2011Por r714h:38

Contratado para tirar o Grêmio da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro do ano passado, Renato Gaúcho cumpriu a tarefa com o bônus de alcançar uma vaga para a Libertadores. No torneio continental, passou com dificuldade pela etapa preliminar. No primeiro mata-mata, perdeu duas partidas para a Universidad Católica, primeiro no Olímpico e depois no Chile.

Mesmo com vaga garantida na final do Campeonato Gaúcho, o Tricolor Gaúcho não vem jogando bem. O treinador assumiu a responsabilidade pelo fracasso na Libertadores, logo após dizer que todos do clube são responsáveis pelo fiasco.

- A responsabilidade é de todos. Do presidente ao roupeiro. Quando ganha, ganha todo mundo, então todos são os responsáveis. Mas assumo todas as responsabilidades. O responsável é o Renato Portaluppi.

Os dirigentes adotaram a mesma postura. O presidente Paulo Odone disse que a culpa era sua pela eliminação. Mesma atitude tomada pelo vice-diretor de futebol, Antônio Vicente Martins.

Independente de como será distribuído o peso da desclassificação, domingo (8) começa a decisão do Campeonato Gaúcho. A partida de ida promete ser nova batalha, desta vez contra o arquirrival Internacional, no Beira-Rio.

Como o Colorado também foi eliminado nesta quarta na Libertadores, pelo Peñarol, por 2 a 1, os dois clubes irão buscar o "prêmio de consolação" no torneio regional. Renato Gaúcho diz que é obrigação do Grêmio brigar pela taça.

- O Grêmio sempre buscou o título gaúcho e a Libertadores. Falhamos na nossa maior meta. Agora no Estadual estamos na final e o objetivo é conquistarmos o título.

Leia Também