Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

Nova Temporada

Remake de 'A Mulher Maravilha' não agrada canais e é suspenso

8 JAN 2011Por Veja22h:03

O projeto que levaria a Mulher Maravilha de volta à TV não foi muito longe. Sequer chegou à difícil tarefa de escolher o elenco. Segundo a revista EW, a produção de uma nova série com a Princesa Amazona não conseguiu despertar o interesse dos canais americano nesse momento. Assim, o projeto está suspenso por tempo indeterminado.

O remake foi anunciado em outubro de 2010, surpreendendo a crítica por ter roteiro de David E. Kelley, famoso por seus dramas jurídicos. Investindo pela primeira vez em uma série de super-heróis, Kelley ficou a cargo de adaptar para a TV a as histórias em quadrinhos.

Os motivos para a recusa do projeto variam. Oferecido essa semana aos canais Fox, ABC e CW, o projeto foi recusado quase que imediatamente. Os dois primeiros não se interessaram e o CW alegou não ter condições financeiras para bancar a produção.

Mas, segundo o site Deadline, a recusa da ABC pode ser política. O canal pertence à Disney, que em 2010 comprou a Marvel, por cerca de 4 bilhões de dólares, levando a empresa a desenvolver projetos para adaptar vários de seus heróis para o cinema e para a TV. “A Mulher Maravilha” é da DC Comics.

Assim, a produção teria sido oferecida para a CBS e NBC. A primeira se dedica mais às produções policiais, muito embora rumores indiquem que parte da diretoria ficou interessada no projeto da super-heroína. Já a NBC passa pelo processo de mudanças administrativas, o que levou à sua recusa, visto que o custo para adquirir os direitos autorais seria muito elevado. Isto elimina a possibilidade da série ser oferecida para a TV a cabo.

Visto que a versão para o cinema também não tem previsão de ‘ver a luz do dia’, Lynda Carter, que estrelou a série na década de 1970, continua sendo a Mulher Maravilha.

Leia Também