Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

Relatório da ONU aponta o Rio como sendo grande consumidor de droga proveniente da Bolívia

28 DEZ 2008Por 09h:13
     

Segundo dados do relatório da ONU (Organização das Nações Unidas) sobre Drogas e Crime na América Latina, das 100 t de cocaína produzidas por ano na Bolívia, 16 chegam às bocas-de-fumo das favelas do Rio. O mais preocupante é que, de tão frágil o controle sobre a produção da coca naquele país, parte do plantio legal, autorizado pelo governo boliviano, também está sendo transformado em droga.

 

O relatório da ONU mostra que das 47,8 toneladas de folhas de coca colhidas no último ano com autorização federal, 33,2 t viraram cocaína.

 

A missão dos agentes brasileiros na fronteira será, além de evitar a entrada de armas e cocaína em território nacional, enfraquecer financeiramente as quadrilhas que atuam num mercado milionário.

 

O estudo da ONU indica que o comércio de drogas, armas e munição movimenta, no Brasil, cerca de R$ 19 bilhões anuais, dos quais R$ 88 milhões só no Rio de Janeiro.

 

 

Com informações do O Dia

Leia Também