CASO NÍSIO GOMES

Relatório aponta que cacique pode estar escondido em território paraguaio

Relatório aponta que cacique pode estar escondido em território paraguaio
17/07/2012 18:30 - Dourados News


O cacique Nísio Gomes desaparecido desde novembro do ano passado pode estar vivendo “de forma escondida” em território paraguaio próximo ao município de Aral Moreira.

Isso é o que afirma o Relatório da Missão da Polícia Federal que atuou nas diligências na região de fronteira em busca de informações sobre o paradeiro do cacique.

O relatório datado em 23 de maio de 2012, foi a base para a prisão preventiva de quase vinte pessoas, entre elas, o ex-policial Militar Aurelino Arce, proprietário da empresa Gaspem que fazia a segurança privada de fazendeiros da região do conflito.

O relatório detalhado da Missão feito pelos policiais federais está inserido no Inquérito Policial Federal 562/2011 que investiga o desaparecimento de Nísio Gomes.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".