quinta, 19 de julho de 2018

Relator da ONU afirma que biocombustíveis são um crime contra a humanidade

14 ABR 2008Por 15h:25
     

 

 

O suíço Jean Ziegler, relator especial da ONU para o Direito à Alimentação, declarou hoje (14) que a produção em massa de biocombustíveis representa um crime contra a humanidade por seu impacto nos preços mundiais dos alimentos. Ziegler pediu ao Fundo Monetário Internacional (FMI) que mude suas políticas sobre os subsídios agrícolas e deixe de apoiar apenas programas destinados à redução da dívida. Segundo ele, a agricultura também deve ser subsidiada em regiões onde se garanta a sobrevivência das populações locais.

 

Com informações do G1

Leia Também