Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 18 de novembro de 2018

VIOLÊNCIA

Registradas 3 tentativas de homícidios na Capital e interior

24 JUL 2012Por VÂNYA SANTOS E TARYNE ZOTTINO14h:15

Três tentativas de homicídio registradas ontem (23) em Mato Grosso do Sul demonstram a violência no Estado. Em Campo Grande, aproximadamente à 1h50min, um homem de 45 anos foi atingido com golpe de faca no ombro e na cabeça após brigar com outro rapaz, de 27 anos, no Bairro Sílvia Regina. De acordo com o que a vítima relatou à polícia, eles moravam e trabalhavam juntos. Ainda de acordo com o depoimento, ambos estavam consumindo drogas e acabaram se desentendendo. Após ser agredida, a vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Almeida. O próprio autor entregou a arma do crime na delegacia e foi preso em seguida. 

Também na Capital, por volta das 12h, dois adolescentes de 17 e 16 anos foram até a casa de uma menina, também de 17 anos, no Bairro Dom Antonio Barbosa, e atiraram contra ela. A garota estava na varanda junto com seus familiares. Os autores foram encontrados em uma casa no mesmo bairro com duas armas, um revólver calibre 32 e outro 38. No local, havia um rapaz de 20 anos, que foi autuado por porte ilegal de arma de fogo.

A terceira vítima de violência foi uma dona de casa de 32 anos, em Mundo Novo. Ela disse à polícia que V.C.L., 29, esteve em sua residência e, após perguntar se pretendia vender a casa, tentou atirar por três vezes. Dois tiros falharam e apenas o terceiro disparou, mas atingiu o muro da casa , pois a mulher já havia se escondido. O homem atirou outras duas vezes e a vítima novamente não foi atingida. Segundo ela, o autor fugiu em uma motocicleta pilotada por um comparsa. Ela acredita que a tentativa possa estar relacionada ao assassinato de Henrique Mendonça no dia 17 de setembro de 2010. A dona de casa testemunhou contra dois acusados que estão presos na penitenciária de Dois Irmãos do Buriti e que, de acordo com ela, frequentemente a ameaçam por telefone. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também