Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

Região do Amolar no Pantanal registra novos focos de incêndio

14 AGO 2009Por 16h:03
     

 

 

Foram detectados na Serra do Amolar, quatro focos de incêndio entre a morraria e as reservas ecológicas da mineradora MMX e Penha, no Pantanal de Corumbá. O fogo atingiu cerca de mil hectares da vegetação nativa e se alastra rapidamente. No ano passado, mais de 25 mil hectares da reserva Acurizal, mais ao fundo do Amolar (na divisa de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul), foram destruídos pelo fogo. O incêndio foi ocasionado por raios, comuns na região.

 

Os focos atuais foram observados por técnicos da Ong IHP (Instituto Homem Pantaneiro), gestora da reserva da MMX, em sobrevoou a região nesta manhã de sexta-feira. O IHP já comunicou o Ibama, em Brasília, e o Corpo de Bombeiros.

 

Dependendo da capacidade de mobilização, o incêndio poderá ser controlado no seu início. Segundo os técnicos do IHP, os focos são originários de um grande incêndio que vinha ocorrendo no lado da Bolívia, cuja fronteira situa-se próxima ao Amolar.

 

O coordenador de Defesa Civil de Corumbá, capitão bombeiro Fábio Catarinelli, fará um sobrevôo nesta tarde na região atingida pelo fogo, com apoio de um helicóptero do 6º Distrito Naval da Marinha em Ladário. Ele vai avaliar a área pra definir um plano de ação.

 

 

Leia Também