Quarta, 13 de Dezembro de 2017

'Operação Boas Festas'

Reforço no fim de ano aumenta em 13% o número de prisões no Estado

3 JAN 2014Por DA REDAÇÃO18h:00

A Polícia Civil realizou de 16 de dezembro a 3 de janeiro em todo o Mato Grosso do Sul a “Operação Boas Festas”, com o objetivo de garantir segurança de comerciantes e clientes durante as festas de fim de ano. Durante a ação houve reforço policial em todas as delegacias do Estado.

Ao todo foram realizadas 633 prisões em flagrante – alta de 13% em relação ao ano anterior, 180 delas por embriaguez ao volante. No mesmo período do ano passado foram 560 prisões, sendo que 164 foram de motoristas que beberam e foram flagrados dirigindo.

Foram cumpridos 166 mandados de prisão pela Polícia Civil durante a “Operação Boas Festas”, em todas as cidades do Estado. Houve uma queda de 15 homicídios dolosos em comparação ao mesmo período de 2013, quando foram registradas 55 mortes em todo o Estado. Dos 40 homicídios registrados durante a operação em Mato Grosso do Sul, 6 deles foram cometidos na Capital. “Os números representam uma redução de mais de 100%, já que no ano passado foram 13 mortes em Campo Grande”, explica o assessor de comunicação interino da Polícia Civil, Sérgio Luiz Duarte.

Em Campo Grande, 24 motoristas foram flagrados dirigindo embriagados durante a ação. Três a mais que o mesmo período do ano passado quando foram presos 21 condutores conduzindo veículos sob efeito de bebidas alcoólicas.

O Delegado-Geral da Polícia Civil, Jorge Razanauskas Neto, explica que “no período em que o comércio estende o horário de funcionamento, ações como a operação “Boas Festas”, propiciam a população tranquilidade e maior segurança”.

Em Campo Grande, a ação contou com uma operação volante, composta por equipes da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros (Garras) e do Serviço de Investigações Gerais (SIG) da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), que contaram ainda com apoio das delegacias especializadas e distritais. Foram montadas diversas equipes policiais que realizaram rondas na cidade, checagens de veículos e pessoas, buscas pessoais, além é claro, de intensificar o policiamento nas áreas comerciais e bancárias da cidade.

Os plantões das DEPAC’s Centro e Piratininga e o expediente das Delegacias Distritais e especializadas também ganharam reforço no efetivo durante a “Operação Boas Festas”, com o objetivo de agilizar o atendimento ao público e a realização de perícias em geral, durante as festas de fim de ano.

“Intensificamos a operação principalmente nos pontos mais críticos da Capital e das cidades do interior do Estado, visando principalmente o desarmamento e a repressão a crimes de toda natureza e ao consumo excessivo de álcool, com atenção especial para a venda a menores, garantindo assim um final de ano com paz e segurança a todos”, finaliza o Delegado-Geral.

Leia Também