Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Redução da jornada de trabalho pode gerar 2,5 milhões de empregos no País

3 JUN 2008Por 13h:09
     

Representantes de cinco centrais sindicais entregaram hoje (3) ao presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP) um documento com mais de 1,5 milhão de assinaturas pela redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais, sem alteração do salário.

O presidente da Força Sindical e deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força, avaliou a iniciativa como inédita no Brasil. Segundo ele, a redução de 10% na jornada de trabalho poderá gerar cerca de 2,5 milhões de empregos no país.

Com informações da Agência Brasil

Leia Também