Terça, 20 de Fevereiro de 2018

Recursos públicos aplicados na última safra foram de R$ 95,6 bilhões

26 JUL 2010Por 19h:00
     

O volume de recursos públicos aplicados em crédito rural para a última safra - de julho de 2009 a junho de 2010 - chegou a R$ 95,6 bilhões. Somente para a agricultura empresarial, o valor, consolidado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), foi de R$ 84,4 bilhões, um aumento de 28,7% em relação ao ciclo 2008/2009.

Para a agricultura familiar foram liberados R$ 11,2 bilhões. No plano safra 2009/2010 estavam previstos R$ 93 bilhões para a agricultura empresarial e R$ 15 bilhões para a familiar.

Apesar de nem todos os recursos terem sido contratados pelos produtores rurais e cooperativas agropecuárias, o diretor de Economia Agrícola do MAPA, Wilson Araújo, disse que o resultado é bom. "É bastante positivo, ainda mais se considerarmos que, no ano passado, houve uma retração dos financiamentos privados por causa da crise financeira internacional", afirmou.

De acordo com o MAPA, um dos destaques foram os desembolsos para a classe média rural, de R$ 3,16 bilhões, pelo Programa de Geração de Emprego e Renda Rural (Proger Rural). O valor é 390% maior do que o da safra 2008/2009.

A safra 2010/2011, que teve início no dia 1° de julho, disponibilizou ao setor R$ 100 bilhões para a agricultura empresarial e R$ 16 bilhões para a familiar. Para os médios agricultores, há R$ 5,65 bilhões disponíveis pelo Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor (Pronamp), que substitui o Proger Rural.

Leia Também