Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

PARQUE DAS NAÇÕES

Recuperação do lago vai custar R$ 1,3 milhão

3 JUN 2011Por da redação09h:18

O Governo do Estado investirá cerca de R$ 1,386 mi em obras para a construção de uma barragem e o desassoreamento no córrego Prosa no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. O aviso de resultado de licitação foi publicado hoje (03), no Diário Oficial, com o anúncio da empresa vencedora.

A obra, que tem como objeto a construção de uma barragem para a contenção de enchentes, está orçada num total de R$ 1.386.975,91 e tem o prazo de oito meses para a conclusão.

Segundo informações do gerente da unidade de conservação do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), Leonardo Tostes, após a construção da barragem, começam os trabalhos de desassoreamento. “Dragas vão retirar a água e a areia acumulada, fazendo a separação de ambas, devolvendo a água para o lago, que será esvaziado no início do procedimento”, explica Leonardo.

O lago do Parque das Nações Indígenas chegou a ter oito metros de profundidade. Hoje, a parte mais profunda tem dois metros, resultado das enchentes dos últimos anos e o acumulo de areia e sedimentos no lago.

Além da recuperação da lagoa principal, o Parque das Nações Indígenas teve novo regulamento interno de uso aprovado pelo Governo do Estado e passou por uma revitalização. Os investimentos somaram cerca de R$ 5 milhões. As obras tiveram início em novembro e terminaram no mês passado. Foram construídas pistas de ciclovia, novos portais de acesso ao Parque, a reforma da iluminação do Parque, pavimentação asfáltica da pista de caminhada e reforma de quiosques.


 

Leia Também