ECONOMIA

Recuo no preço do trigo não muda valor do pão francês

Recuo no preço do trigo não muda valor do pão francês
23/07/2010 22:13 -


ADRIANA MOLINA/VERA HALFEN

Mesmo com a farinha de trigo custando 35% menos e a redução no consumo de pão francês em torno de 30%, o campo-grandense não viu o preço recuar, pelo contrário, revela pequeno acréscimo de 2,7%. O valor médio do quilo hoje na Capital é de R$ 5,66, contra R$ 5,51, verificados no início de maio.
Em uma das panificadoras pesquisadas, localizada na Vila Planalto, o quilo do pão francês ficou R$ 0,50 mais caro nos últimos dois meses, saltando de R$ 6,50 para R$ 7. Outras tiveram acréscimos menores, de R$ 0,10 e R$ 0,20; apenas uma recuou R$ 0,10 e três permaneceram estáveis.
Uma delas foi a Fornello, cujo proprietário, Nabor Marques de Almeida explica que segurou os preços para não perder a clientela, mas existem justificativas para as altas verificadas em outros estabelecimentos.
Segundo ele, o reajuste anual dos salários dos funcionários e a energia elétrica são dois deles. “Com o frio, o consumo de energia também é maior e nas férias as vendas caem, ou seja, a padaria tem mais gastos e menos vendas”, afirma. Além disso, os empresários não tiveram nenhum desconto, nos últimos meses, de 35% sobre a saca de 50 kg. Ele frisa que no final do ano a farinha custava em torno de R$ 60 e se mantém estável até hoje.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".