Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Receita admite que arrecadação federal crescerá menos de 4% este ano

24 JUL 12 - 16h:35AGÊNCIA BRASIL

Depois de a arrecadação federal apresentar queda real de 6,55% em junho, o Fisco reduziu a estimativa de crescimento das receitas da União em 2012. De acordo com a secretária adjunta da Receita Federal, Zayda Manatta, a arrecadação deverá fechar o ano com expansão entre 3,5% e 4%, levando em conta o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Segundo Zayda, o crescimento deverá ficar mais próximo de 4%. A nova estimativa, explicou, leva em conta a redução para 3% da previsão oficial de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). Além disso, a projeção considera desonerações promovidas pelo governo nos últimos dois meses, como a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para veículos e a linha branca (fogões, geladeiras, tanquinhos e máquinas de lavar).

A projeção de crescimento da arrecadação foi reduzida pelo terceiro mês consecutivo. Até maio, a Receita projetava expansão real perto de 4,5%. Em junho, a estimativa passou para 4%. No entanto, o próprio órgão admitiu que a projeção seria novamente revisada para baixo por causa dos indicadores econômicos e das alterações na legislação.

No primeiro semestre, o governo federal arrecadou R$ 508,6 bilhões, 3,66% a mais que no mesmo período do ano passado descontando o IPCA. Considerando apenas a arrecadação de junho, no entanto, houve queda real de 6,55%. Segundo Zayda, a arrecadação voltará a acelerar no segundo semestre, até fechar o ano perto do crescimento previsto. “O segundo semestre será marcado pela recuperação da economia. A expectativa é a de crescimento gradual da arrecadação”, disse.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

AGRICULTURA E JUSTIÇA

Ministérios assinam acordo para combater abusos no crédito agrícola

Bombeiros confirmam terceira morte em desabamento em Fortaleza
PRÉDIO RUIU

Bombeiros confirmam terceira morte em desabamento em Fortaleza

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

Juiz extingue ação contra Alckmin por supostos desvios de R$ 3 bi do Fundeb

Flamengo bate o Fortaleza de virada e segue disparado na liderança
BRASILEIRÃO

Flamengo bate o Fortaleza de virada e segue disparado na liderança

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião